Faculdade de Juazeiro do Norte
Formando os melhores profissionais

Acadêmicos de Farmácia investem em estágios extracurriculares

Publicado em: Novidades
Data de publicação: 31/10/2018

Os estudantes do curso de Farmácia da FJN têm realizado cada vez mais estágios extracurriculares. O objetivo é se aproximar do mundo do trabalho e vivenciar aspectos relacionados ao desenvolvimento pessoal.

Os estágios obrigatórios e não obrigatórios são defendidos pela lei 11.788 de 25 de setembro de 2008 como propostas para fortalecer o aprendizado de competências próprias da atividade profissional e à contextualização curricular, objetivando o desenvolvimento do educando para a vida cidadã e para o trabalho. Assim, o Projeto Pedagógico do Curso de Farmácia da FJN traz como diretriz a valorização do estágio não obrigatório ou extracurricular porque entende que o aluno precisa ir além da sala de aula para fortalecer sua carreira profissional.

O coordenador do curso, Alberto Malta Junior, é um entusiasta da proposta e sempre tem conversado e acompanhado os alunos na realização desses estágios extracurriculares. Paralelo a isso, a FJN tem sempre apoiado a realização desses estágios pelos alunos. “O aluno precisa buscar se diferenciar e as atividades extracurriculares são muito fortes em promover essa diferenciação que vai fazer todo o sentido após a formatura. Por outro lado, é importante que o aluno entenda a necessidade de organizar seus estudos e manter o rendimento; isso representa um desafio para o mesmo no que diz respeito à gestão do tempo, caso contrário, ele pode ser prejudicado. Precisa então de disciplina”, afirma o coordenador.

Por fim, Alberto também defendeu o estágio extracurricular como um “disparador” para que o aluno possa escolher seu trabalho de conclusão de curso, realizar um trabalho para publicação em evento e até mesmo construir uma rede de contatos para viabilizar seu primeiro emprego. “Tenho visto vários alunos fazendo isso e entendo que essa é uma atitude muito positiva para o desempenho do profissional no futuro”, complementou.