• Previous Next
    CPA - Comissão Própria de Avaliação

    O art. 11 da Lei 10.861/04 prevê a constituição das Comissões Próprias de Avaliação (CPAs) que devem contar, na sua composição, com a participação de representantes de todos os segmentos da comunidade universitária, bem como da sociedade civil organizada. Às CPAs será incumbida a responsabilidade de conduzir o processo de autoavaliação das IES em todas as suas instâncias e diferentes etapas, cabendo a elas, entre outras atribuições, garantir a fidedignidade dos resultados encontrados como, também, divulgá-los à sociedade.

    Sobre a CPA

    O que é CPA?

    Nos termos do artigo 11 da Lei nº 10.861/2004, a qual institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), toda instituição concernente ao nível educacional em pauta, pública ou privada, constituirá Comissão Permanente de Avaliação (CPA), com as atribuições de conduzir os processos de avaliação internos da instituição, bem como de sistematizar e prestar as informações solicitadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Aquela obedecerá às seguintes diretrizes:
    I - constituição por ato do dirigente máximo da instituição de ensino superior, ou por previsão no seu próprio estatuto ou regimento, assegurada a participação de todos os segmentos da comunidade universitária e da sociedade civil organizada, e vedada a composição que privilegie a maioria absoluta de um dos segmentos;
    II - atuação autônoma em relação a conselhos e demais órgãos colegiados existentes na instituição de educação superior.

    Objetivos Gerais

    I - Contribuir para o aprimoramento e aperfeiçoamento da qualidade institucional da Faculdade de Juazeiro do Norte – FJN;
    II - Impulsionar mudanças no processo acadêmico de produção e disseminação do conhecimento;
    III - Contribuir na formação dos cidadãos e profissionais e no desenvolvimento de atividades de pesquisa e extensão;
    IV - Evidenciar o compromisso com a educação superior mais democrática e menos excludente.

    Objetivos Específicos

    I - Identificar as potencialidades e as insuficiências de todos os cursos da Faculdade de Juazeiro do Norte - FJN, propondo melhorias para solucionar os problemas detectados;
    II - Avaliar a instituição como uma totalidade integrada que permite a auto-análise valorativa da coerência entre sua missão e as políticas institucionais realizadas;
    III - Privilegiar o conceito da auto-avaliação e sua prática educativa para gerar nos membros da comunidade acadêmica autoconsciência de suas qualidades, problemas e desafios.

    Como funciona?

    Ao longo dos anos os participantes da CPA, de forma voluntária atuaram no cotidiano da instituição para conhecer, analisar e propor melhorias, a partir das indicações da comunidade acadêmica. Seu trabalho pautou-se nas seguintes ações:

    I - Reuniões bimestrais da Comissão;
    II - Encontros de trabalho com as coordenações de cursos, professores, alunos e funcionários para sensibilização da ação avaliativa;
    III - Divulgação dos resultados nos espaços da FJN;
    IV - Reunião com coordenadores de Curso;
    V - Reuniões com os líderes de Salas;
    VI - Visita às salas de aula;
    VII - Contatos com os docentes através de e-mail e visita às salas dos professores;
    VIII - Orientação sobre a avaliação em cada Curso;
    IX - Visita a comunidade local para reconhecer as ações dos alunos estagiários e egressos.

    A aplicação do questionário para docentes e discentes é realizada de forma informatizada (internet - sistema TOTVS) ficando disponível por tempo importante para cada grupo da comunidade acadêmica. O acesso aos participantes foi certificado por meio do portal do aluno de acesso ao TOTVS, garantindo o sigilo e impedindo duplicações de respostas.
    Os dados coletados são armazenados no banco de dados do TOTVS. Este banco é de uso exclusivo da CPA, com controle de acesso por senha somente ao coordenador da comissão e ao coordenador do sistema de informação do projeto, quando necessário para fins de manutenção e ajustes do sistema, sendo posteriormente trocada a senha.
    Além dos resultados gerados pelos instrumentos de pesquisa, a CPA faz constar, em seu cronograma de atividades, a análise dos dados e elaboração do plano de divulgação dos resultados.

    Clique aqui para o regimento

    Clique aqui para a portaria

    CRONOGRAMA DE ATIVIDADES
    Reunião com as Coordenações de curso para traçar o cronograma para as coletas de dados e informações com docentes e discentes. 14 de janeiro de 2015
    Sensibilização junto aos segmentos envolvidos na auto-avaliação (camisas, cartazes, botons, banner, visitas as salas...) 02 a 18 de fevereiro de 2015
    Coleta dos dados no formulário eletrônico. 19 a 27 de fevereiro a março de 2015
    Processamento e analise dos dados. Fevereiro a março de 2015
    Produção do Relatório final. Março 2015
    Relatório Final no E-MEC. 31 de março 2015
    Plano de divulgação. Abril 2015
    Socialização dos resultados. Abril a maio de 2015
    Reunião com os gestores para apresentação dos resultados Agosto a Setembro de 2015
    Planejamento das ações para 2015/2016 Outubro de 2015