Recentemente, a FJN e a Pharmapele realizaram um evento destinado a Nutricionistas e Médicos. Na ocasião, foi estabelecido que a inscrição seria social, onde o participante deveria doar um quilo de alimento não perecível.

Na entrega, estiveram presentes além do coordenador do Curso de Farmácia, a professora Maria do Socorro Silva e a Farmacêutica e Proprietária da Pharmapele, Adriana Gomes. Os alimentos foram então destinados ao Abrigo Nossa Senhora das Dores que dá suporte a idosos, doentes e pessoas em fragilidade socioeconômica.

Na FJN, há uma determinação muito forte sobre responsabilidade social como uma exigência ética de todas as organizações, na medida em que todas provocam um impacto na sociedade. Para todos os cursos, tem-se que a faculdade não é apenas um local de formação técnica, mas de uma responsabilidade expressa de provocar transformação dos indivíduos e dos grupos, buscando resgatar a enorme dívida social que nos enfraquece como sociedade democrática e infelicita os desfavorecidos.